Crítica: “Mama”

02_mama_ipad

Estrela em ascensão, Jessica Chastain aproveita o momento para se arriscar em suspense de estreia do diretor argentino Andrés Muschietti. A atriz, porém, não está sozinha na empreitada, com ela estão Nikolaj Coster-Waldau, ator revelado com o personagem Jamie da série televisiva Game of Thores, e o cineasta Guillermo Del Toro (O Labirinto do Fauno), quem descobriu Andrés através do curta-metragem Mamá e assina a produção do longa.

mama_girlDuas irmãs são abandonadas em uma cabana e por cinco anos crescem sob os cuidados de um espírito, o qual elas dão o nome de Mama e que intitula o filme. Quando encontradas, as garotas passam a morar com seu tio Lucas e a namorada dele, Annabel, quem não tem intenção nenhuma de ser mãe e tampouco leva jeito com crianças. Fazer com que as meninas se reintegrem e as ajudar a superar os traumas vividos nos últimos anos se torna ainda mais complicado com a recusa de Mama em se separar delas.

Florestas macabras na madrugada, janelas abertas com a cortina balançando e pessoas feias gritando na cara do espectador são alguns dos clichês do gênero usados pelo filme, assim como a relação entre o elemento macabro e algum real. Sendo, neste caso, as mariposas, de um jeito eficaz o suficiente para que quem assistiu ao filme não queira ver nada parecido com o animal por um bom tempo.

film-review-mama.jpeg4-1280x960Por outro lado, uma investigação sobre quem é Mama e o porquê de ela ainda estar ao redor intriga o público que, por esses e outros elementos, conta com a expectativa e o frio na barriga ao longo do filme e se depara com um final que busca não ser previsível.

Jessica Chastain atinge seu objetivo e mostra uma faceta que poucas atrizes com sua fama e calibre já tiveram a oportunidade e a coragem de explorar. A mesma entrega é feita pelas meninas Megan Charpentier e Isabelle Nélisse, que carregam a responsabilidade de ser o foco da trama e são a razão de um envolvimento ainda maior do público com a história. Promete causar pesadelos aos mais medrosos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: