Crítica: “A Escolha Perfeita”

Pitch-Perfect (1)

A Escolha Perfeita aproveita da ascensão contínua do gênero musical para usar a disputa de grupos de coral como cenário para mais uma daquelas tramas tipicamente juvenis, com os clichês inevitáveis dos mais básicos roteiros hollywoodianos, porém, ainda assim, divertidos.

Pitch Perfect

Mais do que nos sucessos musicais recentes como Rock of Ages e o tão esperado Os Miseráveis, A Escolha Perfeita pode facilmente ser comparado a Glee. Assim como no seriado americano, a história gira em torno de grupos de coral que se apresentam em competições e buscam chegar a fase final e ganhar o título nacional. As comparações, porém, podem parar por aí, já que em no filme os personagens estão um pouco mais crescidinhos e representam suas faculdades nas competições, além do fato de que não há nenhuma canção fora das apresentações, nenhuma música que ajude na expressão de um personagem ou desenvolva a narrativa, fator essencial para caracterizar qualquer história – seja no cinema, no teatro ou na televisão – como realmente um musical.

A recém-formada Beca sonha em ser DJ e tentar a vida em Los Angeles, mas é obrigada por seu pai a pelo menos tentar a vida acadêmica por um ano na Universidade onde ele é professor. Como não poderia deixar de ser, o lugar é repleto de nichos em que todos os alunos são naturalmente divididos, entre eles estão The Bellas e The Treblemakers, dois grupos de coral – mortalmente – rivais. Beca, eventualmente, entra para as Bellas e precisa lidar com os ensaios e apresentações do grupo enquanto tenta ter sua chance como DJ e se aproxima cada vez mais de Jesse, um dos membros dos Treblemakers.

hr_Pitch_Perfect_12

Enquanto as Bellas se concentram em suas apresentações com canções e coreografias tão conservadoras quanto seus figurinos a la aeromoça, The Treblemakers entregam números agitados e empolgantes, provando mais uma vez que ser vilão é sempre mais divertido. Como o líder rival, Bumper, o rosto desconhecido de Adam DeVine atinge em cheio todas as suas deixas cômicas, assim como Rebel Wilson como Fat Amy, fazendo impossível não rir com seu jeito sonso e humor ácido. Elizabeth Banks e John Michael Higgins também ajudam, e muito, em suas pontuadas participações como locutores das competições.

A atriz escolhida para viver Beca também é um dos pontos positivos do longa: Anna Kendrick. Anna apareceu pela primeira vez em Crepúsculo e logo em seguida já quis mostrar seu lado mais sério contracenando ao lado de George Clooney em Amor Sem Escalas, o que lhe rendeu até uma indicação ao Oscar. Desde então a atriz tem feito escolhas bastante variadas no cinema, mas ainda não tinha encarado uma protagonista. Aqui ela parece ter feito a escolha certa para que pudesse se aventurar sem muitos riscos e ainda mostrar que apesar do currículo ela ainda é uma atriz jovem, e de muito talento.

skyler-astin-anna-kendrick-pitch-perfect

Como seu par romântico, Skylar Astin faz Jesse. O ator super conhecido na Broadway ainda não tinha enfrentado muitos desafios nas telonas. Ele esteve no elenco de Aconteceu em Woodstock e será a voz do personagem Roy no esperado longa de animação Detona, Ralph. Já nos palcos, Skylar esteve nas produções de Spring Awakening e na versão de Rent dirigida por Neil Patrick Harris.

Apesar de todas as comparações inevitáveis com filmes e seriados musicais, já que o mercado criado por eles é que faz possível a realização de um longa como A Escolha Perfeita, o seu enredo e direção o faz muito mais parecido com As Apimentadas ou Meninas Malvadas. Um blockbuster moldado especialmente para uma específica faixa de adolescentes e protagonizado por uma personagem adorável por ser a garota fora do padrão que conquista a torcida de todos os espectadores. Previsível, porém, divertido.

2 comentários

  1. Adorei!!!! Realmente não tem nenhum spoiler.

    1. Obrigadaa, David! A intenção é deixar o leitor com vontade de assistir ao filme mesmo, e não estragar a experiência para quem está a fim de ir ao cinema hehehe

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: