Crítica: “O Espetacular Homem-Aranha”

Homem-Aranha é um dos personagens mais queridos pelos fãs de quadrinhos e do gênero de super-heróis no cinema. O nerd que recebe poderes de uma aranha geneticamente modificada e sai pelas ruas enfrentando bandidos como forma de redenção gerou muitos lucros nas bilheterias de sua trilogia comandada pelo diretor Sam Raimi e estrelada por Tobey Maguire.

Como ele é uma das poucas criações da Marvel que não voltou para os domínios do estúdio, a Sony não podia deixar o herói parado. Apesar da má fama do terceiro filme, os produtores foram em busca de roteiro para um número quatro, mas ouviram um belo não de Raimi, que garantiu que não voltava mais para a saga por não ter nenhuma história interessante o suficiente, segundo ele. Não demorou muito para Tobey anunciar a mesma decisão.

A saída então, para os produtores Avid Arad e Matt Tolmach, foi fazer um reboot da série e recontar a história de Peter Parker do começo, destacando o que não havia sido abordado no filme de 2002: Sr. e Sra. Parker. Os pais de Peter também não tinham sido muito comentados nos quadrinhos, fazendo com que esse ponto de partida aguçasse a curiosidade dos fãs.

Para o longa com uma vertente emocional maior foi escolhido o diretor Mark Webb, que mostrou todo seu potencial e capacidade de construção de personagens e relacionamentos no filme (500) Dias Com Ela, um cult moderno impossível de não amar com Joseph Gordon-Levitt e Zooey Deschannel.

O especial sobre o trabalho de Mark é ele conseguir retratar relações reais e modernas de uma forma intensa, porém não melodramática. Toque necessário não só por vermos Peter Parker criança com seus pais, mas também por termos em O Espetacular Homem-Aranha uma dinâmica maior dele com seus tios e uma nova namorada no pedaço: Gwen Stacy. Sua original primeira namorada é quem balança o coração do Aranha dessa vez e a química entre Emma Stone e Andrew Garfield é gigante e fundamental para a credibilidade da história e para o engajamento do público.

A introdução de cada personagem é tão bem feita quanto a introdução dos novos poderes para o garoto tímido que apesar de recluso, não é um alienado ou excluído e sim um garoto qualquer com uma parede de proteção invisível (como Andrew comentou no Live Chat). Além da divertida cena no metro, vemos Parker treinado suas novas habilidades com um elemento inserido no filme desde o início: seu skate.

Com o objetivo de fazer uma interligação entre as histórias, foi escolhido o Lagarto como vilão para a primeira parte desse reboot. Na trama, Dr. Curt Connors (Rhys Ifans) foi colega e amigo do pai de Peter e juntos eles trabalhavam na Oscorp (aquela cujo o dono é o vilão do primeiro filme do Aranha, Norman Osborn, também conhecido como Duende Verde) para desenvolver uma fórmula de regeneração genética baseada em lagartos, claro.

As pesquisas feitas pela dupla estão diretamente ligadas a fuga dos pais de Peter que os levou ao trágico acidente aéreo e, embora o longa se desenvolva em torno disso, alguns mistérios sobre a origem desse trabalho são mantidos e continuam com o espectador até a cena pós créditos (que não necessariamente revela completamente a situação).

Com poucos personagens centrais, após Peter, Gwen e Lagarto, Tio Ben e Tia May são os mais vistos e apesar de terem uma aparência mais nova do que a que estamos acostumados a ver, os atores Martin Sheen e Sally Field, com muita empatia, conquistam seus papeis e o público.

Mesmo com as altas expectativas para o filme, como crítica, mas ainda mais como fã, saí do cinema mais do que satisfeita, saí feliz, realizada e empolgada para mais uma série do Aranha, que pode não ter uma mansão, os equipamentos tecnológicos mais avançados ou vir de outro planeta, mas é o herói mais simpático e divertido de todos, agora mais do que nunca!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: