Diretamente da Broadway: Nice Work if You Can Get it

Quando combinamos as músicas dos Gershwins, com as maravilhosas coreografias de Kathleen Marshall, o humor de Matthew Broderick e a voz incomparável de Kelli O’Hara, o resultado é o maior número de indicações para o Tony Awards!

A história da peça é bem simples, se passa nos anos 20, na época em que a lei seca tomava conta da cidade. Billie, a personagem de Kelli O’Hara, é uma contrabandista que se apaixona por Jimmy (Matthew Broderick), um playboy sustentado pela mãe e adorado pelas cabaret girls de NY que está noivo da “bailarina moderna mais famosa do mundo” Eileen (Jennifer Laura Thompson). O enredo então se desenvolve no meio de contrabandistas, chorus girls e defensores da lei tornando uma das comédias mais gostosas que está em cartaz. A melhor forma de descrever a peça é “um musical original com cara de revival”.

As músicas nós já conhecemos e gostamos e os figurinos estão lindos, super coloridos e de acordo a época. O cenário, mesmo que cartoonizado em algumas partes, combina muito com o resto do show. São as coreografias que realmente roubam a cena, o que já era de se esperar tendo Marshall como a coreografa do espetáculo.

O book não é a coisa mais genial já escrita, mas os escritores souberam aproveitar a simplicidade da peça para satirizar a atual política americana, bem como fazer referência aos grandes nomes que tornaram as músicas atemporais, como no caso da cena em que Billie canta Someone to Watch Over Me, ela mente a Jimmy que seu nome é Gertrude. Isso foi uma pequena homenagem a lendária Gertrude Lawrence, atriz que originou esta famosa canção musical Oh, Kay! em 1926.

Quanto ao elenco, não há dúvidas que seria bastante entertaining, afinal a peça conta com grandes nomes da Broadway. Matthew Broderick fez o seu trabalho em fazer ele mesmo (como em todas as peças), e não digo isso de forma ruim. Ao contrário de Leo Bloom, seu personagem em The Producers, que vivia para o trabalho, Jimmy é um boun vivan, sem se preocupar com leis e sua vida se resume as festas e mulheres. Me impressionei bastante com a performance dele, pois ele fica muito pouco fora de cena, e dança em boa parte da peça. Concordo que não merecia uma indicação ao Tony Award, mas o público não se decepciona com a performance dele de forma alguma.

Kelli O’Hara é uma Barbie, ela é linda e a voz dela é absurda de tão maravilhosa. A personagem não exige muita interpretação, mas não importa, o importante é que ela está adorável no palco como sempre. E é ótimo poder ouvir ela cantando as músicas fantásticas de George and Ira Gershwin. E mostra-se uma grande promessa ao Tony de Melhor Atriz em Musical esse ano.

As featured actresses arrasam! Jennifer Laura Thompson está impagável como Eileen. Enquanto Judy Kaye mostrou que a sua indicação aos Tony é merecida, assim como ainda tem um pézinho no fantasma ao abusar dos agudos sempre que pode (a atriz ganhou o Tony Award em 1987 por sua performance como Carlotta no musical The Phantom of the Opera).

Michael McGrawth, como Cookie, está excelente. O gangster/mordomo se torna um personagem indispensável para o andamento e comédia do show e o ator segura muito bem o papel. Mas a estrela da peça é a atriz que aparece menos: Estelle Parsons. Ela faz uma pequena aparição como mãe de Jimmy e rouba a cena de todos.

O musical cumpre aquilo que se propõe a ser, que é uma noite de boa musica e uma história engraçadinha. Não é a peça mais original em cartaz, mas é um crowd pleaser de qualidade. É a definição de um feel good musical.

2 comentários

  1. […] Performance by an Actor in a Featured Role in a Musical: Michael McGrath, Nice Work If You Can Get It […]

  2. […] Performance by an Actor in a Featured Role in a Musical:  Michael McGrath, Nice Work If You Can Get It […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: